Plantando a Lua

blog_fem

Eu escutei esta expressão "plante sua lua” a pouco tempo, nunca tinha ouvido falar. Fui pesquisar para saber o que era, como fazia isso, os efeitos e a história do feminino com seu corpo, lua e menstruação. Plantar a Lua nada mais é do que devolver à terra o seu fluxo menstrual. "Nossa Gaby, que nojo, como assim?”. Aqui começa a nossa conversa sobre a importância da menstruação, seus poderes e ligação com a lua, o que dá sentido ao feminino o seu sagrado.

Ainda há muito tabu sobre a nossa primeira menstruação e o aprendizado a conviver com ela mensalmente. A tradição estigmatizou a menstruação como algo sujo e impuro, pois este foi o jeito de uma sociedade machista afastar a liberdade sexual das mulheres e desvalorizar suas fertilidades. Dizer que uma mulher esta suja quando está menstruada, principalmente para as adolescentes, é afastar o sexo durante um período extremamente sensível e potente sexualmente. Pois, assim que desce a menstruação entra o ciclo do estrogenio, que nos deixa com a libido mais aflorada, sexuais e sensíveis. Não é coerente, aos olhos do machismo, inventar que estamos sujas justamente num dos períodos com mais libido?

Com isso fomos educadas a descartar nosso fluxo menstrual como lixo, sujeira, somando as sujeiras dos absorventes externos e internos não biodegradáveis. E ainda a industria médica ginecológica e farmacêutica incentiva diversas mulheres a inibir a menstruação através de medicamentos, causando muito efeitos colaterais. Claro que com excessão das pacientes que realmente tem indicação clinica para isso.

Este sangue que sai de nós, foi preparado em média 14 dias, caso gerasse algum embrião. Ou seja, ele é cheio de nutrientes: ferro, zinco que podem retornar a terra nos conectando a algo maior. Em tempos de sociedades matriarcais as mulheres devolviam seus sangues à terra por vários motivos: por questões práticas pois não haviam absorventes descartáveis, apenas os de pano e também por questões de saude. Acreditando na renovação saude através deste ritual tão intimo, conectando-se com a terra e seus nutrientes, reverenciava-se o sangue e seus poderes mágicos. Nessas sociedades acreditava-se que se único sangue derramado sobre a terra fosse o sangue da lua, não existiriam guerras.

Agora porque a expressão plantar a lua? É tradição ancestral relacionar o ciclo feminino com as fases da Lua, mais do que isso, relacionar todos os ciclos da vida com as fases lunares, colheita, plantio, fertilização, passagem do tempo, rituais de passagem, etc. De forma geral, podemos dizer que a influência da Lua tanto em homens como mulheres (de uma maneira mística e psíquica) pode influenciar na ansiedade ou relaxamento, na libido, no apetite, na concentração e desenvolvimento mental e muitas emoções. A lua, mexe com as aguas, os ciclos lunares que regulam e contam nossas etapas. Se você parar para observar o seu ciclo menstrual ele está relacionado com as fases da lua, por isso tantas mudanças de humor, produtividade, sensibilidade, inchaços. E os ciclos da gestação também são contados por semanas, ou seja, pela lua também

Para você plantar a sua lua, entra em contato com seu corpo, observá-lo e respeitá-lo em seus ciclos não é tão complicado assim. Durante o seu período menstrual você tem que usar coletor menstrual ou absorvente de pano. No caso do coletor toda vez que você for esvaziá-lo você derrama o fluxo em uma garrafinha que você vai escolher só para isso, acrescentando um pouco de água. Assim que terminar a sua menstruação você dispensa o conteúdo desta garrafa numa planta de vaso, num quintal. No caso do de pano, quando for lavar você recolhe esta água sem detergentes e dispensa na terra. Pode ser uma vaso caso você more em apartamento ou numa das plantas do quintal. E ao fazer isso você mentaliza sua conexão com a terra, agradece a saude do seu ciclo, e reverencia seu corpo, seu sagrado feminino.

coletor

É importante ressignificar a conexão com o sagrado feminino, devolver o sangue à terra é criar raizes, voltar as origens, é se relacionar com seu ventre. E o ventre feminino está relacionado a projetos, abundância, vida, limpeza de ciclos. É se relacionar com seu corpo, respeitar, ouvir, entender, escutar os sinais que ele dá no dia a dia, na nossa rotina. Agora imagina, relacionar algo tão potente quanto o ventre e seus fluidos a sujeira e nojo. É negar a vida, a prosperidade e a abundância.

IMG-6379.JPG

Plantar a lua, entre tantos significados, é também muita gratidão por ser quem somos, por ser mulher, por parir, por amar, por ser selvagem, por amamentar, por ser filha, neta e mãe. Assim honramos nossas ancestrais em um encontro em si mesma da menina a anciã

Agora, fica parecendo que este post é apenas para as mulheres, mas é em parte para os homens também que vivem rodeados de mulheres: mães, irmãs, filhas, cunhadas, avós. Perceber e observar suas mulheres, acompanhar seus ciclos e respeitar estes tempos é um ato de amor, de respeito a elas. Nós variamos muito de humor e sensibilidade ao longo do mês, por conta dos hormônios, e se você tiver um pouco de escuta para as mulheres da sua vida, talvez o fluxo da convivência melhore. Há homens que tem receio e nojo em fazer sexo com suas companheiras menstruadas, não aceitar o fluxo dela, afastá-la, ou demonstrar seu nojo é uma agressão e desrespeito a sua companheira. Os pais podem conversar com suas filhas quebrando o tabu da primeira menstruação e seus próximos ciclos, falar da importância e saúde dele, e para isso precisa observa-las e consequentemente respeitá-la.

Espero que esta provocação tão íntima te faça refletir um pouco. Se você procurar mais na internet vai cachar mais coisa legal para ler sobre plantar a lua, inclusive para mulheres que não tem mais útero.

Gaby Haviaras

Instagram @gabyhaviaras


P.S: Uma das doenças que assola muitas mulheres é a endometriose. No inicio ela é silenciosa e as vezes demora para ter o diagnóstico porque colocamos os sintomas na culpa da TPM. Aqui eu queria deixar uma dica: um dos meus parceiros a Fagron, possui um tratamento de última tecnologia para endometriose. Se você se interessar é só entrar em contato com eles.

Bjos GH