RESOLUÇÕES SAUDÁVEIS PARA 2019: UM NOVO ANO! UM NOVO VOCÊ!

healthy-new-year_496x330.jpg

Quem não inicia o Ano Novo prometendo adotar um novo estilo de vida mais saudável?

Para muitos de nós, o Ano Novo significa uma nova dieta. Fazemos as resoluções para o ano que se inicia em uma tentativa de virar a página e conquistar novos objetivos. Acreditamos que cortando tudo o que mais amamos, como doces, massas e pães, entre outros, vai transformar nossas vidas, não é mesmo?

No entanto, por experiência própria, posso dizer que mudanças alimentares drásticas e restritivas não são sustentáveis a longo prazo. E se não quisermos ficar presos no ciclo da dieta e, mais uma vez, falharmos nas resoluções de Ano Novo, é importante fazermos algumas mudanças pequenas e duradouras.

O segredo para manter hábitos alimentares saudáveis ao longo da vida é justamente o bom senso. Não se puna. Seja gentil consigo mesmo. Hábitos saudáveis não implica em te fazer passar fome. Mas sim, nutrir o seu corpo com tudo o que ele precisa. Demorou tanto tempo para construir a pessoa que você é hoje! Então é natural, que demore mais um período para desconstruir crenças limitantes como, “mas eu não consigo viver sem um pãozinho” ou “nunca mais vou comer doces? Não vou conseguir” e incorporar novos hábitos à sua rotina.

Como “Fazer Dieta” encabeça a lista de boas intenções da maioria das pessoas, vão aqui algumas dicas pra começar o ano no pique:

- Substituir refrigerantes, sucos e outras bebidas por água e chás de ervas (descafeínados), é um passo importante na direção certa para hábitos saudáveis. Hidratar o corpo, principalmente em dias quentes, é fundamental para a boa absorção de nutrientes e bom funcionamento do corpo. Refrigerantes, sucos concentrados e outros somente adicionam calorias vazias em nosso corpo (além de conterem vários componentes artificiais, prejudiciais à saúde). Prepare águas saborizadas com hortelã, pedaços de frutas e gotas de limão, chás gelados ou quentes;

- Faça trocas simples, substituindo lanches como bolos, salgadinhos, biscoitos e bebidas industrializadas por uma porção de homus (patê de grão-de-bico) com palitinhos de cenoura e pepino, vitamina de frutas com leite vegetal, suco de vegetais frescos e frutas, um pedacinho de chocolate meio-amargo (70% ou mais), pequena porção de mix de frutas secas e castanhas, fruta inteira ao invés de suco;

- Aprenda receitas novas e desenvolva suas habilidades culinárias: comece por receitas mais simples, como sucos, vitaminas, saladas e molhos; e à medida que for ganhando confiança, vá incrementando o repertório, como tortinhas doces e salgadas, bolinhos, crepes, pães… tudo é claro, aprendendo à substituir açúcar e farinhas refinados por alternativas naturais, nutritivas e saudáveis (usar tâmaras, melado, néctar e açúcar de coco, banana bem madura e outros adoçantes naturais, por exemplo);

- Dê preferência para alimentos naturais, frescos e locais. Reduza ou elimine o consumo de produtos processados e também de origem animal. Existem vários estudos científicos que apontam a correlação entre doenças e dietas ricas em produtos de origem animal e industrializados;

- Faça refeições completas e nutritivas, como café da manhã, almoço e jantar (e lanchinhos) ao invés de beliscar ao longo do dia. Dê ao seu corpo nutrientes e não, calorias vazias dos lanchinhos;

- Procure um profissional para te auxiliar nesta transição. Nunca inicie uma dieta sem antes saber como está sua saúde. Profissionais como nutrólogo, nutricionista funcional ou védico, naturopata podem ajudar e muito em sua transformação.

Essas são apenas algumas simples mudanças que você pode fazer para criar um estilo de vida muito mais saudável. São pequenas, mas significativas. E o mais importante: que você consegue transformar em hábitos para uma vida toda.

Boas Festas e um Saudável 2019!

Sem inspiração pra cozinhar?

No meu site e Insta, você encontra receitas deliciosas, práticas e de dar água na boca:

www.annagarciachef.com

Insta: @annagarciachef

Abraço e muita luz,

Anna