O maior espetáculo da terra: bate mais forte o coração na avenida!

sambodromo.jpg

O Meu carnaval é o da escola de samba! Desde menina sempre assisti os desfiles pela TV, achava aquilo um dos maiores espetáculos artísticos populares a céu aberto. Mangueirense doente, influenciada pelo meu pai e meu padrinho, que me traziam vários souvenires verde e rosa quando iam para a quadra, o meu sonho era ir com eles conhecer a quadra da Mangueira! Mas como era muito pequena me contentava em assisti aos desfiles sempre vestida de verde e rosa.

Minha primeira vez na avenida foi quando meu padrinho me levou num desfile das campeãs que a Mangueira iria desfilar, eu devia ter uns 13 anos. Lembro de ter visto o Jamelão, ainda vivo e quase desmaiei de tanta emoção, pra mim ele foi e sempre será a voz da escola. Não atoa o primeiro recuo da bateria o homenageia: Espaço Jamelão.

Quando fui morar no Rio de Janeiro fui empenhada em realizar alguns sonhos: desfilar na Mangueira, desfilar em outras escolas, conhecer as quadras, conhecer a cidade do samba e assistir todos os anos os desfiles! E realizei todos de diversas formas. Já desfilei em 6 escolas entre sábado e segunda, e três foram para as Campeãs e desfilei nas 3 na mesma noite. Foi uma gincana mas um sonho. Na maioria das vezes sozinha, sem turma, porque eu ia em alas coreografadas e nem todo mundo tem paciência em ir aos ensaios. Fui a quase todas as quadras, desfilei em grupo de acesso, ensaiei vários dias na cidade do samba, fui a alguns camarotes, assisti de arquibancada, ja assisti na pista (melhor opção na minha experiência com crachá de livre acesso na avenida - para poucos, foi sorte!) e quase todos os anos eu estava lá na avenida!

E por este amor e admiração por este carnaval eu fui lendo sobre, vivendo ele e aprendendo um pouco. Como esses dias contei nos históries, me encanta como as escolas pegam um enredo e desdobram em letra, música, fantasias, carros alegóricos e tudo isso cria uma dramaturgia encadeada e ensaiada para apresentar na avenida. Muito trabalho, de muita gente um um grande espetáculo! E por isso que dá um desespero quando acontece um acidente e a escola perde ponto, é um ano de trabalho de muitas pessoas.

Com isso, todo ano, estando no Rio ou não, indo pra avenida ou não eu gosto de saber os enredos, escutar os sambas e assistir os dois dias de desfile. E troco aqui com vocês um pouco do meu pitaco sobre este ano no desfile do grupo especial de domingo e segunda!

Vamos lá

DOMINGO 3/3/19

Domingo tem duas grandes expectativas, Paulo Barros trazendo o carnaval da Viradouro e Laíla voltando à Unidos da Tijuca depois de 23 anos de beija-Flor. Eu acho que a campeã está no domingo, apesar de ser muito cedo para dizer, porque na avenida tudo pode acontecer!

IMG_8626.JPG

Império Serrano 

Enredo: E a Vida, e a Vida o que é? Diga lá meu irmão!”

Sobre o sucesso do Gonzaguinha “O que é o que é” e a obra do músico 

Samba lindo, que vai levantar arquibancada e fazer todo mundo cantar, pena que como é a primeira escola a avenida não está tão cheia. 

Escute o samba aqui

IMG_8627.JPG

Viradouro 

Enredo: Viraviradouro 

O enredo fala sobre a imaginação e histórias fantásticas que fazem parte da infância

E trás Paulo Barros para defender o pavilhão para se manter no grupo especial, com certeza deve ter as magias do carnavalesco e um desfile lindo de ver cheio de brinquedos e mistérios. A bateria da Viradouro também sempre dá um show!

Escute o samba aqui

IMG_8628.JPG
IMG_8629.JPG
IMG_8630.JPG
Imperatriz-Leopoldinense-bandiera.gif
IMG_8638.PNG

Grande Rio 

Enredo: “Quem nunca...? Que atire a primeira pedra!”

O jeitinho brasileiro, a educação e convivência do nosso povo.

O samba não é tão difícil, mas achei pouco melódico. A Grande Rio sempre investe nos famosos pra tentar chamar a atenção da mídia e patrocínio e faz um desfile cumprindo tabela para não cair, nunca assisti um desfile espetacular da escola, é sempre um desfile da novela.


Escute o samba aqui

Salgueiro 

Enredo: Xangô

Uma homenagem ao orixá Xangô vem com um samba lindo de arrepiar.

Mas parece uma fórmula antiga da escola, com um samba ótimo, forte de levantar, com certeza vai usar muito vermelho nas fantasias e adereços, fazer um desfile exemplar porque o Salgueiro sabe fazer, mas parece que está repetindo sempre as histórias dos orixás, não inova. Podemos ver o mesmo desfile do ano retrasado sobre os Exus, tomara que nos surpreenda.  A bateria também é um show a parte!

Escute o samba aqui

Beija -Flor 

Enredo: “Quem não viu vai ver...As fábulas do Beija-flor”. 

A Beija-Flor vai cantar a história de seus 70 anos de carnaval.

Seu primeiro desfile depois de 23 anos sem Laila á frente da escola, resolve falar das suas histórias e de sua comunidade. O samba vai levantar os beija-flores fervorosos, lindo samba homenageando a comunidade e sem palavras em Yorubá que era uma característica da escola que faziam os sambas ficarem difíceis.

Escute o samba aqui

Imperatriz 

Enredo: Me dá um dinheiro aí”

Uma crítica bem humorada ao dinheiro e as ambições políticas.

Creio que vá fazer um desfile político e polêmico trazendo figuras atuais dos nossos escândalos econômicos. Um delicioso samba, a Imperatriz não erra muito, na maioria das vezes bons sambas e boas letras! E a bateria também tem sua tradição!

Escute o samba aqui

Unidos da Tijuca 

Enredo: “Cada macaco no seu galho. Ó, meu pai, me dê o pão que eu não morro de fome”.

Através da visão do pavão, símbolo da escola, o desfile quer passar uma uma mensagem de boa esperança e falar de dias melhores contando a história e simbologia do pão.  

Laíla volta para escola depois de 23 anos na Beija-Flor e desfila como gosta, encerrando sempre o desfile. Com sua experiência será um dos desfiles mais organizados e pontuais, ele sabe fazer. Mas não sei se o samba vai ajudar muito, porém vai tentar se manter bateria nota 10. A única que no ano passado teve nota máxima.

Escute o samba aqui


Segunda 4/3/19

Temos 2 ou três sambas bons na segunda, e enredos patrocinados por algumas cidades. Na minha opinião a grande noite será o domingo!

IMG_8633.JPG

São Clemente 
Enredo “E o samba sambou”

Crítica à mercantilização do samba relembrando o desfile de 1990

Um samba conhecido, delicioso e tem tudo para fazer um belo desfile e levantar a arquibancada. Mas assim como o primeiro samba de domingo que vai ser cantando com todo mundo, a avenida não está tão cheia assim. A São Clemente não investe em luxo, opta sempre em fazer um desfile original e divertido! Adoro ver a Sao Clemente na avenida! 

Escute o samba aqui

IMG_8634.JPG

Vila Isabel 

Enredo: “Em nome do pai, do filho e dos santos, a Vila canta a cidade de Pedro”. 

A coroa que simboliza a Vila saudará e contará o legado de Petrópolis, uma cidade construída por imigrantes e que se consagrou como a cidade imperial.

Vamos ver o que vem por ai…. Não me parece nada muito original…de novo reis e rainhas e colônia. Mas deve ter tido uma ajuda da Pref. de Petrópolis para incrementar seu carnaval. 

Escute o samba aqui

IMG_8635.JPG

Portela 

Enredo: “Na Madureira Moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá”

Uma homenagem à Clara Nunes, destacando a diversidade e a atualidade de sua biografia e do seu repertório. 

Portela na minha opinião tinha que ser café com leite igual a Mangueira! Lindo enredo, mas confesso que a soma = Portela + Clara Nunes + Iansa + Ogum + Madureira eu esperei um samba melhor! Mas vem com a carnavalesca Rosa Magalhães que sempre faz um lindo carnaval! 

Escute o samba aqui

IMG_8636.JPG

União da ilha 

Enredo "A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu"

Ceará com o encontro dos escritores cearenses Rachel de Queiroz e José de Alencar.

Típicos enredos que precisam ser desenvolvidos pelo patrocino em troca homenagear algo da cidade! A ilha faz um desfile sempre legal, mas nada muito grandioso, cumpre a meta e se mantém no grupo especial. Tem uma bateria envolvente!

Escute o samba aqui

IMG_8637.JPG

Paraíso do Tuiuti 

Enredo: "O salvador da pátria”

Sobre a história do Bode Ioiô. O animal ganhou fama pelas ruas de Fortaleza e vai ser o grande homenageado da Azul e Amarela de São Cristóvão.

Lá vem enredo patrocinado! A escola tenta se manter no grupo especial, nunca vi a Tuiuti na avenida, não sei qual seu carisma e sua desenvoltura!

Escute o samba aqui

IMG_8639.JPG

Mangueira 

enredo “História pra ninar gente grande”

Páginas ausentes das histórias do país, histórias dos nossos negros que no nosso país não se conta e uma homenagem à Marielle. 

Suspeita em dizer que gosto do samba e tende a ser um desfile politico e polêmico, pela história do carnavalesco Leandro Vieira em seu último desfile. A Mangueira e seu surdo um, sempre tentam inovar nas paradinhas na avenida. Vai levantar e eu vou me arrepiar só pra manter a tradição!

Escute o samba aqui

Ps: O primeiro ano que desfilei na Mangueira, não sabia como acontecia a paradinha na avenida, só tinha ensaiado na quadra. Quando "parou”o som no meio do desfile, quase enfartei, achei que tinham desligado o carro de som, só a arquibancada e a escola cantando no gogó. Quando voltou quase cai do carro alegórico de tanta emoção e nervosa, só sabia cantar e chorar!

IMG_8640.JPG

Mocidade 

Enredo: “Eu sou o tempo, Tempo é vida".

Falará sobre o tempo e suas engrenagens.

Já de saída da pra dizer que o samba é de Elza Soares e Wander Pires, vale ouvir a voz da musa nesta versão! E a bateria das escola dispensa apresentações. Encerra a segunda 

Escute o samba aqui


A gente se fala na quarta-feira de cinzas pra comentar os resultados, que são cada vez mais apartados e desempates por 0,01 ponto!

Um bom desfile a todas as escolas e um carnaval NOOOTTTAAAAAAA 10 pra você!

Gaby Haviaras