Em baixa voz, violento os tímpanos do mundo

ninnasimoni.jpg

 “Uma gota de leite

Me escorre entre os seios

Uma mancha de sangue

me enfeita entre as pernas

Meia palavra mordida

Me foge da boca

Vagos desejos insinuam esperanças

Eu-mulher em rios vermelhos

Inauguro a vida

Baixa voz

Violento os tímpanos do mundo

Antevejo

Antecipo

Antes-vivo

Antes- agora- o que há de vir

Eu fêmea matriz

Eu força motriz

Eu mulher

Abrigo da semente

Moto continuo do mundo”

Conceição Evaristo

Pelas palavras de Conceição entendo o desafio que me disponho a enfrentar na escrita dessa coluna. Desnudar-me em palavras diante do outro. Dividir os anseios, desejos, inquietações de uma mulher em relação ao mundo que a cerca a partir da ótica de sua negritude. Um desafio e tanto pra mim, confesso!

Mas o que é a vida senão uma sequência interminável de desafios a serem superados?

Com alegria recebo a missão  na certeza que a caminhada será bela apesar de difícil.

Sendo assim, que venha o novo. “Antes -agora- o que há de vir".

Tatiana  Tiburcio

Instagram @tati_tiburcio

Dicas do Blog*G