Alimentação e Felicidade: A comida afeta como você se sente?

pinterest

pinterest

Você sabia que se você comer um lanche doce, como uma barra de chocolate ou um sorvete, você terá um pico de energia e logo em seguida uma queda? Altos e baixos de açúcar são apenas uma das muitas maneiras pelas quais os alimentos podem afetar a maneira como você se sente.

Mas você já considerou alguns hábitos alimentares ou alimentos específicos para ajudá-lo a se sentir mais feliz e energizado? Pesquisas recentes ajudam a esclarecer o papel que a comida desempenha em influenciar seu humor. E hoje, compartilho algumas dicas que aprendi ao longo dos muitos anos de estudo e testes em mim mesmo, que me ajudam muito a manter o controle emocional (especialmente sob estresse) e estar sempre com aquele sorrisão no rosto.

Coma suficiente e na frequência que seu organismo pedir:

De acordo com uma pesquisa publicada pela Universidade de Illinois Extension, comer refeições regulares e lanches nos mesmos horários todos os dias ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis. Comer em intervalos regulares ajuda a garantir que seu corpo tenha uma fonte contínua de combustível e isso pode ajudar a manter seu humor estável. Se você sentir que seu nível de açúcar no sangue pode estar diminuindo com frequência, converse com seu médico. Isso poderia ser um sinal de hipoglicemia. A hipoglicemia é uma condição de saúde que faz com que as pessoas precisem comer com frequência.

Não pule as refeições:

Embora seja tentador sair correndo pela porta sem o café da manhã, a maioria de nós precisa começar o dia se alimentando. Alguns de nós tem mais energia durante jejuns e isso também é válido, desde que você tenha o acompanhamento de um profissional. O ato de pular refeições na verdade torna o seu corpo menos capaz de assimilar os alimentos, e você está mais propenso a comer demais na próxima refeição. Se você não ficar com muita fome, você pode evitar um mau humor (o que acontece comigo).

Saiba o que evitar:

Antes de poder comer alimentos que estimulam o humor, é importante saber quais alimentos devem ser deixados de lado ou limitados em sua lista de compras. Os maiores culpados pelo mau humor são os carboidratos refinados, como o açúcar, pães, pizzas, sanduíches e massas refinadas. Os açúcares simples que estão em alimentos processados, como doces e refrigerantes, bem como em alimentos do cotidiano, como suco de frutas, xarope e geléias, podem fazer com que o açúcar no sangue suba e desça como uma montanha-russa. Amidos brancos refinados como arroz branco, pão branco e bolachas podem ter o mesmo efeito. A Cleveland Clinic adverte que os "junk foods” podem satisfazer suas papilas gustativas, mas provavelmente não vão ajudar o seu humor.

Picos de açúcar no sangue e gotas podem deixá-lo com uma explosão de energia de curta duração, seguida por uma sensação de cansaço e irritação. Para melhores resultados de humor, você também deve limitar o álcool, já que é um depressivo e pode atrapalhar seu sono.

Deixo então uma dica inteligente que pratico há anos:

  • Tenha sempre lanchinhos na bolsa, como mix de frutas secas, sementes e castanhas; ou uma vitamina, suco verde, maçã ou banana com pasta de amendoim. Todos eles me ajudam muito a manter os níveis de insulina sob controle e esperar calmamente pela refeição principal.

  • Planeje sua semana - eu preparo sucos e vitaminas 2X por semana. Porciono em garrafinhas e congelo. Também sempre tenho milho cozido, homus e outros patês, crackers que desidrato em casa, barrinhas de cereais e sementes que também preparo em casa. Assim, na correria da semana, é só pegar e levar comigo.

  • Conhece quais restaurantes, lanchonetes e serviços de delivery são mais saudáveis e consegue te atender em caso de emergência. Assim não tem desculpa pra atacar a coxinha ou pastel frito com caldo de cana e depois ficar naquele mal humor porque furou a dieta.

Abraço forte e muita luz,

Anna Garcia

Curtiu as dicas? Sem inspiração?

Saiba Mais: www.annagarciachef.com

Insta: @annagarciachef

Curso Online Culinária Plant Based