Com que roupa eu vou?

 Evento Delicias do Brasil Santander 2018

Evento Delicias do Brasil Santander 2018

E ai aparece aquele evento que você tem que se destacar e a primeira pergunta? Com que roupa eu vou?  

 Estreia Conselho Tutelar | Premio WebFest de Cinema | Premio Contigo TV | Premio Extra TV | Programa Ver Mais SC

Estreia Conselho Tutelar | Premio WebFest de Cinema | Premio Contigo TV | Premio Extra TV | Programa Ver Mais SC

Será que chove? Vai estar frio, vai estar quente? É verão? Mas foi indicada, não foi? vai de acompanhante, é de dia, é de noite? Quer fazer a linha moderna, romântica? Tem ideia do que quer vestir? Já sabe o que vai fazer no cabelo? aaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh socorrooooooo!

São só perguntas e mais perguntas. Ai sabe a primeira coisa a fazer? Ir até a assessoria de moda pra te ajudar a pensar, vestir e arrasar. Eu sempre corro para lá nestes casos de eventos muito diferenciados.

Ai você vai me dizer: "mas Gaby, eu não tenho assessoria de moda"! Não tem, mas tem outros jeitos! É muito legal você começar a colecionar looks que você goste, de vários estilos, para ter como referencia o que gostaria de vestir, tipo: vestiria isso para festa, isso para ir num aniversário a tarde! Eu tenho uma coleção no meu pinterest para me inspirar e analisar as combinações de sapatos, bolsas e adereços. Me ajuda muito, não só no caso de grandes festas mas também no dia a dia. 

Mas sempre digo que você também tem que saber sobre seu corpo e seu gosto antes de alguém opinar sobre o que você deve ou não vestir. Não adianta você colocar uma roupa que marca o quadril se você tem muito quadril e não vai ficar feliz nas fotos. Saber sobre o seu corpo é de extrema importância. Até por que, só porque esta na moda não quer dizer que seja legal e vista bem a gente.

Quais são os outros jeitos? Você tem amigas, irmã, mãe, primas pra pensar em fazer um bazar, pedir alguma peça específica emprestada para montar um look diferente. Quem sabe uma tesoura, o telefone de uma costureira e ideia na cabeça! Ai o mundo é seu e seu armário pode ser outro sem comprar nada.  

Eu me lembro que uma vez, lá pelos 14 anos, vi uma calça jeans na vitrine com tinta branca. Pedi para minha mãe mas ela achou caro e não me deu. Ai peguei uma calça do meu pai que ele tinha deixado para doação, fiz pregas e pintei a calça igual a da vitrine! Ah, la fui eu pra festa de calça nova e diferente! 

Pra viver é necessário ser criativo e para se vestir e se sentir feliz também. A roupa apresenta a gente, quem somos, como queremos ser vistas, nossa opinião. 

Agradecimento as minhas queridas parceiras da Zany Assessoria 

www.instagram.com/zanyassessoria 

www.zany.com.br

GH